Friday, October 27, 2006

perder pra dar valor é? sei.

"sempre penso em algo infalível pra falar
quando já não importa o que eu disser."
.
"não percebi correntes me prendendo aqui
até o instante em que tentei partir."
dado villa lobos . tropeço
.
.
"os lugares são simples
paisagens tão belas
mas dentro delas não há nem eu
sem ela."
.
"toda esperança tem um fio muito curto
quando fica a metade parece quase tudo
quase tudo, quase tudo
que tenho pego como a areia pega a mão
e quando fica alguma coisa é quase bom
melhor que um dia atrás do outro sem ilusão."
dado villa lobos . quase nada
.
.
e pra não dizer que eu abandonei completamente meu berço:
'then as it was, then again it will be
an’ though the course may change sometimes
rivers always reach the sea.'
led zep . ten years gone
.
.
.
porque as músicas passam o tempo todo dizendo o que a gente inclusive já sabe e mesmo assim não age de acordo.
aí depois reclama que dói. mas também, queria o quê?

2 Comments:

At October 27, 2006 , Anonymous O Capitão said...

de fato, acho que as pessoas preferem sofrer... eu já prefiro em paz comigo mesmo!!!

ps: que verificação escrota pra comentar, saca o que eu tive que escrever: vcmqsdxm

 
At October 29, 2006 , Blogger Georgia said...

Muitas coisas que ouvimos, nao só a música, dizem o que ja sabemos, mas ainda assim fazemos o contrário.
quem sabe uma dessas não dá certo né???


bjos...

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home