Tuesday, April 21, 2009

i think i'm paranoid.

tudo que eu queria nessa vida era criar menos expectativa.


tudo pra mim é como se fosse um super filme hollywoodiano.
missões impossíveis que eu tenho que realizar, amores improváveis que vão superar todos os obstáculos do mundo para viver, tristezas sem fim que serão superadas com uma simples atitude de alguém que aparece do nada, e essa fortaleza toda de apesar tudo parecer que tudo está sob controle... isso é muito estressante.
uma torcida enorme dentro de mim para que algo mude radicalmente a minha realidade, de repente, do nada, e todas as minhas fichas vão nisso? ridículo.


quero menos emoção! juro. chega.
e olha que eu racionalizo tudo, imagina se não faço isso como que ia ser.
se bem que é até pior. ter a consciência da coisa e não conseguir mudar é um tormento.


ai ai.
meus vilões deviam ter fraquezas mais óbvias, meu amores deviam realmente em algum momento acontecer (ou desaparecer) e não sam, a sua vida não vai mudar radicalmente nesse segundo, nem nesse e nem no próximo.


'bend me, break me, breaking down is easy.'

3 Comments:

At April 21, 2009 , Anonymous Anonymous said...

Oh, Sam, sinto por você e por mim...
Será que esse alguém que aparece do nada e muda as coisas não somos nós mesmas?

 
At June 07, 2009 , Anonymous Anonymous said...

Tva animada no samba-rock heim?
:*****

 
At June 07, 2009 , Blogger amy said...

ai, não sei o que é pior nessa vida: permitir comentários anônimos e morrer de curiosidade, ou não permití-los e por conta disso não receber os comentários.

enfim, tava animada sim senhor(a).

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home