Sunday, April 12, 2009

ah, o timming.

gente, isso realmente me persegue.
mas assim, de uns tempos pra cá tô aprendendo demais a lidar comigo mesma. é rápido!
é ótimo. não vou dizer agora que eu sou super bem-resolvida.
mas melhorei bastante, ê!
é difícil, sabe? essa vida entre 'eu me aceito como sou' e 'isso precisa mudar', ou não, sei lá, tem umas horas que dá um nó, na garganta, na cabeça, em todo canto, e até nos outros!
desculpa aí povo que eu dei nó, eu tento fazer laços bonitos, mas como toda boa canhota, sou um horror com trabalhos manuais.
enfim, sobre o timming.
recentemente lembrei de um rapaz com aura inteligente que veio falar comigo um dia numa festa, o que é raro acontecer, devo dizer.
foi só ele falar a primeira frase e eu tive certeza que a inteligência dele ia além da aura, para minha alegria, porque eu devo admitir que quando acontece de alguém vir falar comigo numa festa eu achar que vai ser uma besteira bem grande (trauma).
ele falou uma frase daquelas bem clever que as pessoas inteligentes levam uns cinco minutos pra pensar, tipo 'como vou falar com essa pessoa desconhecida sem parecer um babaca'. mas foi ótimo, porque eu percebi isso e achei sensacional, um humorzinho bem na medida, nem muito metido, nem sem graça, e fazia todo o sentido assim, na hora. coisa de gente clever.
a gente conversou por alguns minutos sobre amenidades, descobrimos alguns amigos em comum (o que não é difícil tendo em vista que o lugar tinha muitas gentes conhecidas de muitas gentes) e eu saí e nunca mais pensei nesse dia, até um dia desses.
fiquei pensando o que o rapaz queria mesmo falando comigo naquele dia. porque não teve continuidade nenhuma de nada, é triste isso. não trocamos telefone (claro, não deu tempo de chegar nessa parte da conversa porque foi pouca), não nos adicionamos em nenhum meio de comunicação virtual tipo orkut, msn, gtalk, facebook, blog, fotolog, até porque não tenho tudo isso e acho que ele também não tem (não tem como saber porque a conversa foi pouca!).
odeio conversas perdidas, ainda mais conversas com potencial perdidas, enfim as sem potencial eu até prefiro perder, já que não deu pra evitar.
hum. eu sei que a curva do meu gráfico de estreitar relacionamentos se move para a esquerda, mas bem que o acaso podia me dar uma mãozinha, nera?
não tô dizendo nada, pode ser até que o rapaz quisesse só socializar mesmo, mas no mínimo eu ia ganhar uma pessoa inteligente na minha rede de contatos (sendo bem sincera, fria e calculista) e no máximo... bem, no máximo não sei PORQUE A CONVERSA FOI POUCA.
mas é, ué, não venham me julgar. me cerco de pessoas que me fazem bem, e entre fazer bem está diversão, cultura, amizade... todo mundo é assim, tem gente que não admite racionalizar isso.
olha, é tudo culpa da falta de comunicação. tudo. todo problema do mundo inteiro tem mil motivos, e entre eles sempre está a falta de comunicação, o ruído de comunicação, o não saber comunicar o que se quer (meu caso) e etc.
mas eu conversaria denovo com o rapaz. e a conversa foi tão pouca que agora só o acaso denovo pra realizar isso. e a gente nunca lembra que deve aproveitar tudo ao máximo, né? problema do ser humano, e o meu eterno problema do timming.
esse aí eu levarei mais tempo pra aceitar.

5 Comments:

At April 13, 2009 , Anonymous Anonymous said...

quem venha o próximo rapaz desconhecido, e que você lembre do anterior...

 
At April 13, 2009 , Blogger amy said...

eu hein.
escrevo aqui que é o meu canto do desabafo e ainda levo carão, e anônimo! só se for mermo.
bom, eu que sempre pego corda posso dizer que:
se o anônimo fosse um leitor frequente saberia que eu sou péssima no jogo da vida, ao estilo fiona apple: and if you wanna make sense, what you looking at me for? i'm no good at men.

 
At April 14, 2009 , Blogger GVale said...

Indeed...

 
At April 14, 2009 , Anonymous Anonymous said...

Aff... Não tava te dando carão, não. Tva só desejando coisas boas, acho que de nada adinta refletir sobre algo, e enfim nada tirar de bom, só isso.
Ah, sim realmente não sou, ou pelo menos não era, muito frequente, não sei continuo lendo por identificação ou por achar que você escrevem, ou quem sabem, os dois, enfim...
Aqui estamos.. :)

 
At April 14, 2009 , Anonymous Anonymous said...

Tva com pressa, preeche aí as lacunas e conserte os erros...

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home