Sunday, September 10, 2006

analogias, sincronias, impressões e afins

'amor é que nem capim, cresce naturalmente, aí vem a vaca (preencha este espaço com o nome da vaca) e destrói tudo.'
autor desconhecido
.
.
todo mundo tem uma vaca na vida. todo mundo.
e no a la carte tem uma blusa com a frase 'nobody hates cows'. i hate.
.
.
sim, eu queria saber porque é que eu mereço ouvir certas coisas.
as pessoas se sentem à vontade comigo de uma forma que, certas vezes, me incomoda.
mais especificamente, as pessoas são homens neste caso.
é assim:
eu sempre tive muitos amigos homens, é mais fácil sabe, a convivência?
vocês já sabem, né? não tem birra, nem mau humor e época certa do mês, teoricamente não demoram pra se arrumar e nem ficam em casa porque se sentem gordos, contam piada, bebem e são bem mais funcionais (é só ler o manual e seguir as instruções direitinho), é ótimo.
certo. aí eu nunca forcei isso não, sempre foi assim, comum.
acho que porque eu também sou assim (tá, a diferente sou eu). e aí quantas vezes eu já saí com um bando de macho e eu lá no meio. 'como um deles'.
pois é, aí, o grande lance era justamente isso. eu estava lá, como um deles, mas não é por isso que eu passei a ser exatamente um deles, assim, por completo. e tem certas coisas que não dá.
porque, homem, né? também não é essa perfeição toda. tem umas falhas na produção da maioria deles, um pouco mais de bom senso, um pouco menos de distração, um pouco mais de timming, enfim, manutenção.
pois é, quando você passa a ser tratada não com igualdade, mas como igual você acaba se sujeitando a certas coisas. apesar de que eu acho que nisso eu não tenho culpa, acho que eles é que não tem bom senso mesmo.
enfim, eu poderia ver o lado bom disso, mas em certas ocasiões eu juro como queria ser mais 'menina' pra ser poupada.
é, tem verdades que eu, sinceramente, prefiro não saber. mentira, sendo sincera, pode vir. faz bem. é provado cientificamente. (não estou fazendo apologia aos mentirosos de plantão e muito menos querendo ser a iludida do sistema, please, não distorçam meu raciocínio).
e se o cara que te interessa tá no meio do seu grupo de amigos, então, minha nossa, tem nada pior. e quando é exatamente ele que não se toca dá vontade de matar. odeio enigmas. ok, nem todo mundo entende. eu desenho, vai, com desenho não tem errada. ou então ignora, pula, dorme pro dia seguinte chegar logo.
esse sistema social é lento demais, e nivela por baixo, de lascar. tenho mais paciência não.
procurar ali curso de frescurites agudas em 5 aulas e ver o que acontece.
porque eu passo a impressão que tá tudo certo e que você pode me dizer tudo, mas na verdade, você não pode. nem deve, o que é pior.
fui.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home