Monday, February 27, 2006

trying to make some of the lies worth believing.

in the war between 'be and 'want', i'm always the one who ends up alone.
.
.
.
'...if i could be who you wanted, all the time
if i could be who i wanted all the time
if you could be who i wanted, all the time...'
.
and so many other variations.
.
.
.
mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
até quando o corpo pede um pouco mais de alma
a vida não para
enquanto o tempo acelera e pede pressa
eu me recuso faço hora vou na valsa
a vida é tão rara
enquanto todo mundo espera a cura do mal
e a loucura finge que isso tudo é normal
eu finjo ter paciência
o mundo vai girando cada vez mais veloz
a gente espera do mundo
e o mundo espera de nós
um pouco mais de paciência
será que é o tempo que lhe falta pra perceber
será que temos esse tempo pra perder
e quem quer saber
a vida é tão rara.
.
'cause nothing i have is truly mine.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home